Começam as reuniões sobre o Enquadramento das águas da
Bacia Hidrográfica dos Afluentes do Alto São Francisco – SF1

Plano Diretor de Recursos Hídricos (PDRH) e Enquadramento dos Corpos de Água (ECA) da Bacia Hidrográfica dos Afluentes do Alto São Francisco

Elaboração do Plano Diretor de Recursos Hídricos (PDRH) e do Enquadramento dos Corpos de Água (ECA) da Bacia Hidrográfica dos Afluentes do Alto São Francisco – SF1

30/08/21 - A elaboração do Plano Diretor de Recursos Hídricos (PDRH) e do Enquadramento dos Corpos de Água (ECA) da Bacia Hidrográfica dos Afluentes do Alto São Francisco terá mais um passo importante rumo à sua conclusão.
 
Em setembro será realizada mais uma ampla rodada de consultas à sociedade da bacia, desta vez para discutir as alternativas de enquadramento dos corpos de água e as estimativas de custos para alcance da qualidade desejada.
 
Para facilitar a participação dos diferentes atores sociais, as consultas serão segmentadas por público, e realizadas em ambiente virtual. Os encontros setoriais serão precedidos por uma reunião de nivelamento para discutir a aprovar procedimentos (veja quadro abaixo).
 
Essa Reunião de Nivelamento será no dia 01/09, às 14h, e para participar basta acessar o link

https://meet.google.com/mis-kuvx-mhh

Elaboração do Plano Diretor de Recursos Hídricos (PDRH) e do Enquadramento dos Corpos de Água (ECA) da Bacia Hidrográfica dos Afluentes do Alto São Francisco – SF1

O que é Enquadramento dos Corpos de Água?

Elaboração do Plano Diretor de Recursos Hídricos (PDRH) e do Enquadramento dos Corpos de Água (ECA) da Bacia Hidrográfica dos Afluentes do Alto São Francisco – SF1

O Enquadramento dos Corpos de Água (ECA) consiste no estabelecimento de metas de qualidade da água a serem alcançadas e mantidas, ao longo dos trechos da bacia, de acordo com os usos que a sociedade pretende realizar no presente e no futuro. Por isso, deve ser amplamente discutido com todos os atores sociais da bacia, em reuniões públicas.
 
As contribuições vindas da sociedade serão avaliadas tecnicamente e inseridas no Relatório de Proposta de Enquadramento dos Corpos de Água, que contém os programas para a sua efetivação, como metas de curto, médio e longo prazos, e respectivos investimentos.
 
Este relatório é submetido ao Comitê dos Afluentes Mineiros da Bacia Hidrográfica do Alto São Francisco, para deliberação, com o objetivo de fundamentar e orientar a gestão dos recursos hídricos da bacia hidrográfica. Em instância final, o ECA deve ser aprovado pelo Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CERH).

A Bacia Hidrográfica

Elaboração do Plano Diretor de Recursos Hídricos (PDRH) e do Enquadramento dos Corpos de Água (ECA) da Bacia Hidrográfica dos Afluentes do Alto São Francisco – SF1
Localizada na porção sudoeste do Estado de Minas Gerais, a Bacia Hidrográfica dos Afluentes do Alto São Francisco é uma das 36 Circunscrições Hidrográficas do estado de Minas Gerais. Com área total de 14.151 km², ela engloba, dentro de seus limites, áreas de 29 municípios, dos quais 20 possuem sede dentro da bacia.

Segundo o último Censo Demográfico, realizado em 2010 pelo IBGE, a população total localizada dentro da bacia era de 255.211 habitantes (urbana: 224.345) e (rural: 30.866), com uma densidade populacional média de 18,03 hab./km².

Os municípios abrangidos pela bacia são: Abaeté, Arcos, Bambuí, Bom Despacho, Campos Altos, Capitólio, Córrego Danta, Córrego Fundo, Dores do Indaiá, Doresópolis, Estrela do Indaiá, Formiga, Iguatama, Japaraíba, Lagoa da Prata, Luz, Martinho Campos, Medeiros, Moema, Pains, Pimenta, Piumhi, Pratinha, Quartel Geral, Santo Antônio do Monte, São Roque de Minas, Serra da Saudade, Tapiraí e Vargem Bonita.

Mais informações

Assessoria de Imprensa: (31) 996.710.647 e (31) 999.982.964


https://pdrhsf1.com.br/



https://www.facebook.com



https://instagram.com 


Apoio: ONG Verde
Imagens: Vicente Quintão e Zé Cirilo.