A ONG Verde

Projeto Apiaká

Na imagem, primeira atividade e apresentação da ONG na Cúpula dos Povos, Rio +20, em 2012, com a Tenda Digital Verde. 

O drone que fez a imagem formada por pessoas no Aterro do Flamengo/RJ foi recarregado com energias limpas e renováveis.

A ONG Verde – Projetos Socioambientais com Energias Limpas e Renováveis – é uma entidade civil sem fins lucrativos, fundada em 11 de setembro de 2010, sediada na Serra da Canastra, no povoado de São Sebastião dos Cabrestos, município de Vargem Bonita/MG.

A entidade elabora e desenvolve projetos socioambientais com os eixos nas energias alternativas, alimentação orgânica, reflorestamento e lixo, nas áreas da educação, da comunicação e da cultura sempre utilizando energias limpas para atender escolas, comunidades, trabalhadores e público diverso no Estado de Minas Gerais e de outras regiões do Brasil.

Atuamos no "vazio do Estado", mais precisamente, onde os governos locais não conseguem (por diversos motivos) implantar e desenvolver ações que, indiscutivelmente, estariam associadas às políticas públicas. 

Aproximadamente 50% da população mundial vivem nas cidades.

A ONG Verde defende que somente as energias renováveis podem garantir o futuro sustentável para os centros urbanos e atender as necessidades de populações que crescem rapidamente e anseiam participar de todos os benefícios tecnológicos acessíveis, somente possíveis graças à energia elétrica. 

O objetivo central da ONG Verde é o de difundir o conhecimento e o uso das energias limpas e renováveis, especificamente, as energias solar, eólica e por esforço físico. Acreditamos que as ações trabalhadas e articuladas localmente é que transformam o global. 

Projeto Apiaká

Na imagem, a Tenda Digital Verde alimentada com energia elétrica proveniente de placas fotovoltáicas e de aerogerador. 

Vale registrar que durante "apagão" no Rio+20, o único local que permaneceu "ligado" foi a Tenda Digital Verde.

ONG Verde
Na imagem, a representação dos quatro pilares da ONG Verde: energias limpas e renováveis; alimentos orgânicos; reflorestamentos e lixo zero com aplicação dos R´s.


ONG Verde

Por isso, defendemos, dentre outras pautas, que os municípios devam instituir nos Planos Diretores  o IPTU Verde , para preservar, proteger e recuperar o meio ambiente, que, dentre outras medidas, deve incluir o uso das fontes de energias limpas e renováveis.

No momento atual, a ONG Verde se posiciona contrária a continuar com o represamento dos rios, ou seja, defendemos cessar a construção de novas hidrelétricas e a incluir, gradativamente, as energias solar e eólica na matriz energética brasileira para o atendimento coletivo das cidades; e o incentivo fiscal para o uso individual, ou seja, mononuclear para as residências, comércio e instituições públicas. 

Horta Solaris na ONG Verde Canastra

Na imagem, a Casa12Volts na Serra da Canastra, sede da ONG Verde, com energias limpas e renováveis..

A sede é quadrivolts, totalmente em corrente contínua, sem CEMIG (concessionária de energia elétrica em Minas Gerais) e sem conversão para 110/220 VCA (volts em corrente alternada).


Assim, mais que diversificar a matriz energética, é preciso promover a mudança de hábitos e criar novos paradigmas de consumo.

O desafio, portanto, está na difusão do conhecimento e do uso dessas energias e, para a ONG Verde, esse processo começa nas escolas, no momento da formação de nossas crianças. 

Esse é um dos fortes motivos pelos quais a ONG Verde investe em projetos com os eixos em energias alternativas, alimentos orgânicos, reflorestamento e lixo, sempre utilizando energias limpas e renováveis.

Algumas atividades da ONG Verde

Sombrite colocado na Horta Solaris

ONG Verde

Atividades na Sala Verde

ONG Verde

ONG Verde cria Liga do Lixo Zero

ONG Verde

ONG leva Cinema Verde na escola

ONG Verde

Bibliotecas físicas e virtual

ONG Verde

Painel na entrada de comunidade

ONG Verde

ONG Verde leva energia solar para escola da Aldeia Mayrowi/Apiaká

ONG Verde

Atividades lúdicas na escola da etnia Apiaká

ONG Verde

Dia da Água no Parque Municipal de BH

ONG Verde

Alunos do CEFET de BH visitam a ONG Verde

ONG Verde

Atividade socioambiental na Praça da Liberdade, em BH

ONG Verde

Segunda visita do CEFET de BH na ONG Verde

ONG Verde

Alunos atuam no plantio da Horta Solaris

ONG Verde

Projeto Horta Solaris começa a produzir alimentos orgânicos  

ONG Verde

Jardim Solaris ajuda no controle biológico de pragas

ONG Verde

Escolas de Itabirito/MG visitam a Horta Solaris

ONG Verde

Alunos e professoras ajudam no plantio do Pomar Solaris

ONG Verde

Pedal Verde para queimar calorias e gerar energia elétrica

ONG Verde

Escola Laura Queiroz, de Itabirito/MG, na ONG Verde 

ONG Verde

Atividade da ONG Verde no Parque Ecológico de Itabirito/MG

ONG Verde

Atividade II da ONG Verde no Parque Ecológico de Itabirito/MG

ONG Verde

ONG Verde premia alunos no Parque Ecológico de Itabirito/MG

ONG Verde

Equipe ONG Verde

  • Coordenador Geral / Energias Limpas: Vicente Quintão
  • Coordenadora de Finanças e Captação de Recursos / Projetos: Sezilmar Araújo (Céu)
  • Coordenador de Projetos: André Picardi
  • Coordenador de Formação e Capacitação: Elossandro Coelho 
  • Conselho Fiscal / Formação e Capacitação: Bruna Vilas Boas
  • Conselho Fiscal: Allbens Atman, Raíssa Ferro de Sousa e Sergio Quintão
  • Suplentes Conselho Fiscal: Igor Obvioslo, Bruna Vilas Boas e Maria Luiza Manetta de Souza