Controle biológico de pragas no plantio orgânico

Insetos amigos das hortas orgânicas

Controle biológico de pragas no plantio orgânico
Agosto/19 - No cultivo de alimentos orgânicos encontramos diversos insetos amigos e capazes de dar aquela forcinha pra que a horta produza alimentos saudáveis e bonitos. 

Estes insetos fazem parte do controle biológico que, nada mais é, que um jeito de controlar os insetos-pragas utilizando os inimigos naturais.

São vários os amigos naturais das hortas orgânicas. Mas, vamos conhecer alguns que, com certeza, podem ser vistos nas hortas e você não deve eliminá-los. Ao contrário, deve considerar atraí-los para que passem a morar na sua horta.

A presença de abelhas na horta é muito bem-vinda, pois elas se encarregam do processo de polinização, levando muitas flores a se multiplicar. 

Por isso, uma dica bacana é que, ao plantar uma horta orgânica, plante também flores, muitas flores coloridas e variadas, pois além das abelhas, vão atrair as joaninhas.

Joaninha é considerada produto fitossanitário

Controle biológico de pragas no plantio orgânico
A joaninha, muito popular em jardins, faz parte do controle biológico, pois é um predador natural da cochonilha (praga que ataca mais de 200 espécies vegetais) e dos pulgões, que se alimentam da seiva das plantas e causam estragos nas hortas. 

Incansável protetora das hortas orgânicas, a joaninha também se alimenta de larvas, ácaros e de pequenas lagartas. A sua dieta está em devorar entre 200 a 400 pulgões por dia.

A joaninha, inclusive, é um inseto aprovado como produto fitossanitário na agricultura orgânica pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que apresenta garantias de eficácia do uso desse inseto nas plantações.

Para atrair as joaninhas, plante nas horta, por exemplo: gerânios, funcho, angélica, cominho, dente-de-leão, coentro e mil-folhas.

Aranhas, percevejos e minhocas

Controle biológico de pragas no plantio orgânico
As aranhas também são importantes no controle biológico. São predadoras e, em uma horta, podem comer até mais variedades de insetos que as joaninhas. Portanto, pense bem antes de eliminar aquela aranha que ronda sua horta e, se houver por perto teias de aranhas, melhor ainda, indica que ela já se estabeleceu ali.

Percevejos (imagem) também são bem-vindos na horta orgânica. Não há formiga e pulgão que sobreviva diante desse inseto de carapaça dura. 

Geralmente, fogem da horta quando o percevejo se instala por ali. Por isso, olhe bem para essa imagem e, quando avistar um percevejo na horta, vibre de alegria.

E, por último, registramos a presença das minhocas nas hortas orgânicas, cuja importância para a qualidade dos alimentos é fundamental, pois elas cavam túneis e buracos que arejam o solo e ajudam a escoar a água da chuva e da irrigação. 

Lembrando que as fezes da minhoca, juntamente com os restos orgânicos, colaboram para enriquecer e fortalecer a terra.

Diversidade vegetal no plantio orgânico

Controle biológico de pragas no plantio orgânico
Outro aspecto importante no controle biológico é a diversidade vegetal na mesma área, com plantas que atraem os inimigos naturais das pragas nas hortas mantendo os alimentos livre de ataques. 

Existem alguns exemplos de pesquisas realizadas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) e em outros países que realizam o plantio de alimentos cercados por plantas atrativas de insetos predadores e capazes de eliminar as possíveis pragas que chegam às hortas. 

Há também as plantas repelentes, cujo cheiro forte é capaz de afastar algumas pragas da plantação. Por exemplo: hortelã, manjericão, alho etc.

Fontes das imagens:
pt.freeimages.com
tudosobresaude.org
envolverde.cartacapital.com.br